Números que Contam Histórias

jeshoots-com-436787-unsplash

 

Já reparou que os números estão em todo o lado nas nossas vidas? É esse o mote para “Números que Contam Histórias”, o novo livro de André Rodrigues. Segundo João Duque, autor do prefácio, este mostra “como os números podem dizer muito mais do que a informação impressa pelos seus algarismos”, uma ideia que, na realidade, começou como um podcast na rádio Renascença, intitulado “O Mundo em Três Dimensões”. O jornalista garante que o mais difícil foi, entre mais de 300 episódios, “selecioná-los e arrumá-los por categorias”, mas garante que o objetivo desta publicação é o mesmo que no programa radiofónico: “o exercício diário de contar histórias e estórias a partir de números”.

Deixamos-lhe alguns factos, descobertos por André Rodrigues, e apresentados não só no seu novo livro, publicado pela Contraponto Editores, mas também no podcast semanal da Renascença:

  • Sabia que, se o ser humano conseguisse utilizar o cérebro na capacidade máxima, armazenaria 4,7 mil milhões de livros?
  • Ou que, entre 2016 e 2018, os pedidos de entrega ao domicílio, feitos através do telemóvel, em Portugal, aumentaram em média 130%? 
  • E que, ainda no mesmo assunto, o valor mais alto de um único produto numa entrega foi de 463€?
  • Sabia que, se consumir uma francesinha com batatas fritas e uma cerveja, ingere o mesmo número de calorias, 1450kcal, do que no espaço de 24h? E que são necessários 21km para dar cabo de tudo aquilo que consumiu?
  • Ou que um estagiário na Apple recebe 5300 euros, ou seja, mais do que o nosso Presidente da República?
  • Fazia ideia de que as peças Lego vendidas num só ano dariam 5 vezes a volta à Terra?
  • Ou de que Portugal é considerado o terceiro país mais pacífico do mundo?
  • Ou ainda de que a fobia à sexta-feira 13 se chama “parascavedecatriafobia“?
  • Casar engorda mesmo: sabia que, de acordo com um estudo feito pela One Poll a 2000 casais, 3 em cada 4 casais reportam ter ganho mais de 16kg, sendo que os primeiros 8kg apareceram logo no primeiro ano de casamento?
  • Fazia ideia de que, em 2018, nasceram 80 000 bebés, ou seja, por cada dia, nasceram sensivelmente 224 bebés?
  • E que a expressão “tal pai, tal filho” tem fundamento? Num estudo feito no Reino Unido, confirmou-se que aos 34 anos, os homens estão exatamente parecidos com os seus progenitores a nível de parecenças físicas, expressões e até mesmo gestos. Às mulheres, isto acontece por volta dos 33 anos.
  • E, por último, que 30 dias sem Facebook ajuda a reduzir a ansiedade e a depressão?

 

Ficou curioso?

Descubra estas e muitas mais em “Números que Contam Histórias”, que chega às livraria no próximo dia 18 de abril, mas já está disponível, em pré-lançamento.