Shortlist do Man Booker Prize International maioritariamente feminina

 

A shortlist do Man Booker Prize International foi anunciada na passada terça-feira, em Londres, pela presidente do júri deste ano, a historiadora inglesa Bettany Hughes. Pela primeira vez na história do galardão, há apenas um homem na lista dos seis finalistas: Juan Gabriel Vásquez, vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa 2018.  Olga Tokarczuk, vencedora do Man Booker Prize International em 2018, volta a figurar entre os finalistas deste ano.

Hughes garantiu que a predominância de mulheres não foi uma escolha “política ou estratégica”, mas o resultado de “uma discussão sem género”. Num vídeo partilhado nas redes sociais, os restantes membros do júri abordaram a qualidade das obras selecionadas. Pankaj Mishra, escritor indiano, descreveu a shortlist como “absolutamente brilhante, diversa e extremamente ambiciosa a nível intelectual e moral”. Por seu lado, Maureen Freely, escritora e tradutora americana, assegurou que “os seis livros permitem novos espaços de discussão entre literaturas e leitores por todo o mundo”. Elnathan John, autor nigeriano, reforça a escolha dos finalistas devido à sua capacidade em transportarem “sentimentos, emoções, histórias amplas, relações amplas e universos completos para a língua inglesa”.

 

O grande vencedor será conhecido no dia 21 de maio, tendo assegurado um prémio no valor de 50 mil libras (58 mil euros), dividido entre autor e tradutor, e que reforça novamente a importância dada à ficção traduzida para língua inglesa.

Conheça os 6 finalistas:

  • Celestial Bodies, de Jokha Alharthi (Omã). Traduzido por Marilyn Booth (Sandstone Press);
  • The Years, de Annie Ernau (França). Traduzido por Alison L. Strayer (Fitzcarraldo Editions);
  • The Pine Islands, de Marion Poschmann (Alemanha). Traduzido por Jen Calleja (Serpent’s Tail);
  • Drive Your Plow Over The Bones Of The Dead, de Olga Tokarczuk (Polónia). Traduzido por Antonia Lloyd-Jones (Fitzcarraldo Editions);
  • The Shape Of The Ruins, de Juan Gabriel Vásquez (Colômbia). Traduzido por Anne McLean (MacLehose Press);
  • The Remainder, de Alia Trabucco Zeran (Chile). Traduzido por Sophie Hughes (And Other Stories).

 

190408-shortlist-book-stack-horizontal

 

Tem algum preferido?