A história e a receita do folar da Páscoa

1024

via tvi

 

A história do folar doce, tradicionalmente confeccionado na Páscoa, tem várias versões. Uma delas, conta a história de Mariana, uma jovem aldeã que rezava a Santa Catarina, para que esta lhe concedesse o desejo de casar cedo. A sua devoção fez com que o desejo se realizasse, surgindo-lhe dois pretendentes: um fidalgo rico e um lavrador pobre, de nome Amaro. Até ao Domingo de Ramos, Mariana teria de escolher com qual dos homens pretendia casar. Na altura, uma vizinha avisou-a que os dois pretendentes estavam prestes a lutar até à morte pela sua mão, pelo que, em desespero, Mariana disse o nome de Amaro.

Em véspera do Domingo de Páscoa, avisaram-na novamente que o fidalgo iria aparecer no dia do seu casamento para matar o noivo. Mariana voltou a rezar, colocando flores no altar de Santa Catarina e, quando chegou a casa, descobriu um grande bolo com ovos inteiros, decorado com as mesmas flores que havia colocado no altar. Ao descobrir que Amaro também tinha recebido um bolo igual, pensaram ter sido obra do fidalgo e foram até sua casa para lhe agradecer, percebendo rapidamente que também ele ganhara o bolo.

Assim, este bolo, mais tarde denominado “folar”, passaria a estar associado à união, paz e concórdia que a história de Mariana, Amaro e o fidalgo encerra.

 

download

via selfie

 

Marco Costa, autor dos livros Receitas com Segredo e Sem Segredos!foi ao programa da TVI “A Tarde é Sua”, no passado dia 8 de abril, e ensinou a fazer um destes deliciosos folares de Páscoa. Não podíamos deixar de partilhar consigo a receita.

 

502x (1)

INGREDIENTES

500g farinha de trigo sem fermento
100g margarina
100g açúcar
5 g erva doce
5 g canela
25g melhorante (opcional)
10g fermento padeiro seco ou 30g fresco
2 ovos para a massa
100g leite
Água q.b para amaciar
1 laranja raspa e sumo

3 ovos cozidos para decorar
1 ovo para pintar antes de cozer

 

 

MODO DE PREPARAÇÃO

Colocar a farinha, os ovos, o leite, a manteiga e o açúcar. Adicionar o melhorante, o fermento seco, a canela e a erva doce. Terminar com a raspa de uma laranja, reservando o resto. Começar a amassar gradualmente, colocando o sumo de laranja aos poucos mediante a rigidez da massa para, depois, adicionar a água necessária.

Enquanto amassamos a massa, colocar os ovos a cozer. Quando a massa estiver pronta (vê-se que está pronta quando temos uma massa elástica que estica bem sem partir), deixar descansar pelo menos uma hora. De seguida, preparamos a massa para ir ao forno, retirando um bocadinho para decorar por cima.

Inserir os três ovos, já previamente cozidos e frios, no meio e nas pontas da massa. Para decorar, fazer rolinhos e colocar por cima dos ovos. Pintar com a gema de um ovo e deixar a levedar até aumentar de volume.

Levar a cozer no forno, previamente aquecido entre 180º a 200ºC, durante aproximadamente 30 minutos.


 

Acompanhe aqui a receita, passo a passo. 

Bom apetite e Boa Páscoa.