livros_novidades_bertrand Julho 02

Tags

Os livros que acabaram de chegar

livros_novidades_bertrand

Estas são algumas das novidades que acabaram de chegar às nossas livrarias.

4 de julho

Seguindo o conselho da mãe, Delia Owens viveu vários anos isolada em África, estudando várias espécies nos seus habitats naturais. “Decidi escrever uma obra que explorasse a forma como o isolamento afecta as pessoas, mas em especial as mulheres”, afirmou para o blogue Book Pages.

"Lá, onde o vento chora", de Delia Owens

Quando Delia Owens era apenas uma criança, em Thomasville, Georgia, a sua mãe encorajou-a a partir para o desconhecido, dizendo: “Vai para fora, onde os lagostins cantam”. Esta frase acabou por dar origem ao título  (“Go Where the Crawdads Sing”) do seu mais recente romance, agora editado em português. 

Instalada nos pântanos da Carolina do Norte, entre 1950 e 1970, conhecemos Kya Clark, abandonada pela família quando tinha apenas seis anos de idade e obrigada a sobreviver sozinha no pantanal a que chama casa. O isolamento em que vive durante tantos anos influencia o seu comportamento: solitária e fugidia, Kya é alvo dos mais cruéis comentários por parte dos moradores de Barkley Cove. 

Neste romance de estreia, Owens relembra-nos que somos formatados para sempre pelas crianças que um dia fomos, e que para sempre estaremos sujeitos aos maravilhosos, mas também violentos, segredos que a natureza encerra.

"Autobiografia", de José Luís Peixoto

Na Lisboa de finais dos anos noventa, um jovem escritor em crise vê o seu caminho cruzar-se com o de um grande escritor. Dessa relação, nasce uma história que mescla realidade e ficção, um jogo de espelhos que coloca em evidência alguns dos desafios maiores da literatura. 

A ousadia de transformar José Saramago em personagem e de chamar “Autobiografia” a um romance é apenas o começo de uma surpreendente proposta narrativa que, a partir de certo ponto, não se imagina como poderá terminar. José Luís Peixoto explora novos temas e cenários e, simultaneamente, aprofunda obsessões, numa obra marcante, uma referência futura.

Pilar del Río garante que, neste livro, “surge uma história de encontros e desencontros numa atmosfera que às vezes lembra, em outro tempo e circunstância, a que José Saramago criou para contar a vida de Ricardo Reis e Fernando Pessoa durante o ano em que ambos morreram”. Ao contrário de Saramago, no entanto, a história de Peixoto não é sobre a morte, mas sobre uma vida que começa com brios e desejos. 

5 de julho
5 de julho

De acordo com o jornal online Deadline, “O Intruso” vai ser adaptado pela HBO, canal televisivo americano conhecido por séries como Guerra dos Tronos e Westworld. Ainda não existe uma data para o início da produção. 

"O Intruso", de Stephen King

Um rapaz de 11 anos é encontrado morto. Todas as evidências apontam para que o assassino seja Terry Maitland, um dos cidadãos mais queridos de Flint City, professor de inglês, marido exemplar e pai de duas meninas. O detetive Ralph Anderson dá-lhe voz de prisão. Maitland tem um álibi forte, estava noutra cidade quando o crime foi cometido, mas os indícios de ADN encontrados no local confirmam que é ele o culpado. Aos olhos da justiça e da opinião pública, Terry Maitland é um assassino e o caso está resolvido.

Mas o detetive Anderson não está satisfeito. Maitland parece ser uma boa pessoa, um cidadão exemplar, mas terá duas faces? E como será possível estar simultaneamente em dois lugares?

Por ser um romance de Stephen King, quando conhecemos a resposta, arrependemo-nos de ter formulado a pergunta.

"A Vingança", de de John Grisham

Autor de “O Manuscrito” e “O Grande Golpe”, John Grishman chega agora a Portugal com “A Vingança”, numa viagem incrível e plena de suspense à descoberta da verdade, desde o sul dos Estados Unidos até às selvas das Filipinas e à Guerra do Pacífico.

Pete Banning era um cidadão modelo de Clanton, Mississippi – herói condecorado da Segunda Guerra Mundial, patriarca de uma destacada família, proprietário de terras, pai, vizinho e membro fiel da Igreja Metodista. Numa fria manhã de outubro, levantou-se cedo, foi para a cidade e, a sangue-frio, disparou a matar sobre o seu pastor e amigo, o reverendo Dexter Bell. A única declaração que Pete fez sobre o sucedido foi: “Não tenho nada a dizer”. Não tinha medo da morte e estava disposto a levar para o túmulo as suas motivações.

De um hospício claustrofóbico e cheio de segredos somos arrastados até um tribunal onde um advogado tenta desesperadamente ilibar um homem que procura tudo menos a sua salvação.

5 de julho
5 de julho

Os campos de concentração foram laboratórios médicos de terror e morte: variados cientistas e médicos ensaiaram, experimentaram e estudaram medicina prática em prisioneiros de campos de concentração de todas as idades, provocando muitas vezes a morte, graves deficiências ou insanidade total naqueles que sobreviveram.

"Os Médicos da Morte", de Philippe Aziz

“Os Médicos da Morte” é um documento histórico sobre os horrores da medicina nazi durante a Segunda Guerra Mundial. Do contexto social e ideológico que permitiu corromper em absoluto o papel do médico, aos responsáveis no terreno pelos atos mais hediondos, esta é uma obra baseada em testemunhos de sobreviventes, confissões de médicos e em milhares de documentos que os nazis não conseguiram destruir antes da derrota final.

Milhares de crianças, deficientes, homossexuais, ciganos, judeus e até alemães dissidentes, prisioneiros de uma ideologia que os renegava da própria condição humana, foram alvo de atrozes experiências médicas com o objetivo de aniquilar as raças inferiores ou ajudar no esforço de guerra. Foi o apogeu da crueldade do Terceiro Reich, um delírio científico que choca e repugna. E que deve ser lido para nunca ser esquecido.

Os médicos nazis tinham rédea solta para fazerem as experiências que quisessem nos campos de concentração. Incineraram, castraram, congelaram, sufocaram homens, mulheres e crianças sem misericórdia. Retiravam órgãos e membros, faziam transfusões de sangue em experiências macabras… Este livro prova o quão monstruoso pode ser o ser humano.

Ficou curioso?

Conheça estas e outras novidades, com 10% de desconto, na nossa livraria online. Boas leituras!