Biblioterapia | “Sabotagem”

biblioterapia_bertrand

Há diversos estudos científicos que demonstram que ler melhora a nossa saúde. Neste consultório, recheado de estantes, partilhamos consigo as nossas bulas literárias. Dentro dos livros, há remédios para todos os males. Encontre o mais adequado para si, atente aos efeitos secundários e siga a posologia recomendada. 

Para a falta de lucidez e pragmatismo, para combater a ineficácia profissional, a lassidão e vulnerabilidade. Temos o remédio indicado para si.

Quem sabe se a (sua) cura não passa por aqui?

Biblioterapia - Bula Literária, Sabotagem
Sabotagem, de Arturo Pérez-Reverte

Será o Guernica, tal como o conhecemos, o verdadeiro quadro que Picasso pintou?

Na primavera de 1937, Espanha está em guerra civil. Porém, longe dos campos de batalha também se luta, ainda que na sombra. Lorenzo Falcó tem a seu cargo uma missão dupla, desta feita em Paris: desacreditar o herói comunista Leo Bayard perante os seus camaradas soviéticos, e evitar a todo o custo que o quadro que Picasso está a pintar seja exibido na Exposição Universal de Paris. Acostumado ao perigo e à ação, Falcó move-se agora num mundo em que a luta é ideológica. É um mundo que lhe é estranho e no qual terá de recorrer aos seus métodos muito próprios.

Embora soprem já os ventos da guerra que assolará a Europa, a música continua a tocar; e a arte, os negócios e a vida social ocupam os intelectuais, os refugiados e os ativistas. 

Mestre do politicamente incorreto, Pérez-Reverte termina com Sabotagem a trilogia protagonizada pelo anti-herói Falcó. Um retrato fiel da época pleno de diálogos mordazes, situações rocambolescas e aventuras trepidantes.

DESCUBRA TODOS OS REMÉDIOS LITERÁRIOS AQUI.