Biblioterapia | “A Rapariga que Viveu Duas Vezes”

biblioterapia_bertrand

Há diversos estudos científicos que demonstram que ler melhora a nossa saúde. Neste consultório, recheado de estantes, partilhamos consigo as nossas bulas literárias. Dentro dos livros, há remédios para todos os males. Encontre o mais adequado para si, atente aos efeitos secundários e siga a posologia recomendada. 

Para o combate à ignorância acerca de trolls, notícias falsas, desinformação, manipulação e bullying digital. Se já foi vítima de injustiças graves ou vítima de violência doméstica, temos o remédio indicado para si.

Quem sabe se a (sua) cura não passa por aqui?

a rapariga que viveu duas vezes
A Rapariga que Viveu Duas Vezes, de David Lagercrantz

A aclamada saga Millenium sobreviveu à morte do seu progenitor. Stieg Larsson escreveu a trilogia e partiu ainda antes de ser publicada e David Lagercrantz pegou na difícil tarefa de seguir as pisadas do autor sueco e continuar a escrever os três volumes seguintes. Agora chega finalmente às livrarias portuguesas o sexto título da série, A Rapariga que Viveu Duas Vezes

O livro combina escândalos políticos e jogos de poder com novas tecnologias, genética, expedições dramáticas ao cume do Evereste, e “fábricas” de trolls que criam e difundem notícias falsas, responsáveis por influenciar resultados de eleições ou denegrir a imagem de proeminentes figuras públicas.

A protagonista, Lisbeth Salander, como sempre, não olha a meios nem recorre a métodos convencionais na defesa dos seus princípios. Mas, segundo o Diário de Notícias, Mikael Blomkvist não desaparece neste sexto volume, mesmo com a rivalidade de protagonismo que os autores suecos nunca conseguiram retirar à figura feminina que se tornou um elemento principal em toda a saga.

DESCUBRA TODOS OS REMÉDIOS LITERÁRIOS AQUI.