Os 5 Livros em Inglês mais aguardados deste outono

Livros em Inglês mais Aguardados

A Goodreads lançou, no final de agosto, uma lista com algumas das obras mais aguardadas para este outono. Combinando os nomes mais falados das grandes editoras, com o número de vezes que foram adicionados às estantes pessoais dos utilizadores na plataforma, chegaram-se a algumas conclusões interessantes.

Conheça os 5 livros em inglês mais aguardados para esta estação

10 de setembro
Booker Prize, The Testaments - Margaret Atwood
The Testaments, de Margaret Atwood

Quase 35 anos depois de Margaret Atwood ter publicado The Handmaid’s Tale, chega agora a tão aguardada sequela da obra que já é considerada um clássico contemporâneo. The Testaments situa-se 15 anos depois de Offred entrar no desconhecido, com os testamentos de três mulheres de Gilead. 

Atwood não partilhou muito acerca da obra. O livro chegou, inclusive, a ser nomeado para o Booker Prize 2019, mantendo o seu conteúdo em total secretismo. Com data de publicação prevista para 10 de setembro, os primeiros pormenores começam agora a ser divulgados. O The Guardian publicou um excerto exclusivo da obra e a revista Time anunciou que a sequela vai ser adaptada a série de televisão

Não são propriamente necessárias mais razões para este ser um dos livros mais aguardados deste outono mas, se ainda precisam de mais, Atwood garantiu que tudo o que lhe perguntaram sobre Gilead foi fonte de inspiração para este livro. “Bem, quase tudo. A outra inspiração foi o mundo em que vivemos”.

 
The Institute, de Stephen King

É o 61.º livro de Stephen King que, apesar de ser considerado o rei do terror, garante que pensou nesta obra mais como uma história de resistência. O autor convida-nos a visitar o Instituto, o lugar onde são colocadas crianças, raptadas, que têm poderes sobrenaturais. Como Luke Ellis, o menino de 12 anos que é levado da sua casa em Minneapolis depois de assassinarem silenciosamente os pais.  

A diretora, Mrs. Sigsby, é capaz de tudo na sua tentativa de extrair os poderes das crianças. Se correr tudo bem, há recompensas; se houver resistência, a punição é brutal. À medida que as crianças vão desaparecendo misteriosamente no Instituto, Luke está cada vez mais determinado em fugir e pedir ajuda. Mesmo que ninguém tenha conseguido sair de lá. 

Um livro que nos faz lembrar grandes histórias, como a série de televisão Stranger Things. O jornal The Independent garante que a essência de Stephen King mantém-se em The Institute: “Personagens excêntricas, um enredo robusto e controlado, e a imaginação um tanto louca que nos trouxe It e Pet Sematary.

10 de setembro
The Institute, Stephen King
17 de setembro
Permanent Record, de Edward Snowden

“Tudo o que fazemos agora dura para sempre, não porque queremos lembrar-nos, mas porque já não é possível esquecer-nos”, afirma Edward Snowden. “Ajudar a criar esse sistema é o meu maior arrependimento”. São estes os 40 segundos do vídeo promocional, feito pela editora Pan MacMillan, ao novo livro  do homem que arriscou tudo.

Em Permanent Record, Snowden conta como ajudou a construir o sistema de vigilância massiva para o governo americano, e a posterior crise de consciência que o levou a contar tudo e a pôr em xeque o sistema. Consequentemente, iniciou-se uma caça ao homem, a nível internacional, que ainda hoje se mantém.

Um livro que denuncia a colaboração entre a espionagem e as grandes multinacionais da era digital e que mostra como somos vigiados e como se vende a nossa informação pessoal. Porque, como avisa, “a luta pelo direito à intimidade é a nova luta pela nossa liberdade”.

The Water Dancer, de Ta-Nehisi Coates

É o primeiro livro de ficção de Ta-Nehisi Coates, conhecido pelo bestseller internacional Between the World and Me.

Neste romance, o autor reflecte sobre o passado racista dos Estados Unidos, através do olhar de Hiram, um jovem escravo que decide fugir da plantação onde trabalha, no estado de Virginia, depois de quase se afogar num rio, onde teve uma visão da sua mãe – também escrava, vendida para longe dele quando ainda era pequeno. 

Uma história dramática sobre as atrocidades cometidas durante vários séculos, sobre várias gerações de mulheres, homens e crianças, e que foi muito bem recebida no estrangeiro, depois do discurso emocionante de Coates no Congresso dos Estados Unidos. 

 
24 de setembro
The Water Dancer, Ta-Nehisi Coates
29 de outubro
Find Me, André Acimán
Find Me, de André Aciman

Esta é outra sequela que anda a dar que falar. O mundo inteiro apaixonou-se por Call me by Your Name, e testemunhou a paixão de Elio pelo convidado dos pais, Oliver, na idílica Riviera italiana. 

Em Find Me, o pai de Elio viaja de Florença até Roma para visitar o filho, agora um prestigiado pianista clássico. No entanto, um encontro casual, no comboio, com uma mulher jovem e bonita muda a vida deste homem para sempre.

Elio muda-se, entretanto, para Paris, onde também acaba por ter um caso extraconjugal, enquanto Oliver, agora professor universitário em New England, e homem de família, começa a planear uma viagem de regresso ao Atlântico. 

Esta obra traz-nos de volta o círculo mágico de um dos melhores romances contemporâneos, deixando-se a questionar se o amor verdadeiro acaba, realmente, por morrer. O lançamento está previsto para 29 de outubro.

Ficou curioso?

Conheça estas e outras novidades, com 20% de desconto em pré-lançamento, na nossa livraria online. Boas leituras!

Sónia Rodrigues Pinto
Sónia Rodrigues Pinto
Coordenação Editorial: Marisa Sousa