biblioterapia_bertrand Setembro 25

Tags

Biblioterapia | “A Ditadura da Felicidade”

biblioterapia_bertrand

Há diversos estudos científicos que demonstram que ler melhora a nossa saúde. Neste consultório, recheado de estantes, partilhamos consigo as nossas bulas literárias. Dentro dos livros, há remédios para todos os males. Encontre o mais adequado para si, atente aos efeitos secundários e siga a posologia recomendada. 

Indicado para combater excessos neoliberais, individualistas ou egoístas; para atacar a falta de pragmatismo e desmitificar a felicidade como bem supremo.

Quem sabe se a (sua) cura não passa por aqui?

Ditadura da Felicidade
Ditadura da Felicidade, de Edgar Cabanas e Eva Illouz

Já reparou que a felicidade está em todo o lado? Na televisão, na rádio, em livros e revistas, no ginásio, na comida e nos conselhos dietéticos, nos hospitais, no trabalho, na guerra, em escolas, universidades, na tecnologia, na internet, no desporto, em casa, na política e, como não podia deixar de ser, nas prateleiras das lojas. 

A indústria da felicidade, que movimenta milhões de euros, garante transformar os indivíduos em pessoas capazes de dominarem os seus sentimentos negativos, e de tirarem o melhor partido de si próprias por meio do controlo completo dos desejos improdutivos e dos pensamentos derrotistas. 

Porém, não estaremos perante um novo ardil que visa convencer-nos, uma vez mais, de que a riqueza e a pobreza, o êxito e o falhanço, a saúde e a doença são única e exclusivamente da nossa responsabilidade? E se o propósito da chamada “ciência da felicidade” for a criação de um modelo social individualista que renega qualquer ideia de comunidade?

DESCUBRA TODOS OS REMÉDIOS LITERÁRIOS AQUI.